A falta e atraso durante a greve podem ser descontados?

A falta e atraso durante a greve podem ser descontados?

Como vimos no noticiário, milhares de trabalhadores na região metropolitana de São Paulo encontraram dificuldades para chegar ao trabalho por causa da greve parcial dos funcionários do metro e empresas de ônibus.   Diante desse cenário, muitos questionam: as empresas poderão descontar horas ou dias de empregados que faltarem ou atrasarem para chegar ao serviço?   Na legislação trabalhista, é considerado atraso quando o trabalhador demora mais de cinco minutos para chegar ao trabalho, independentemente da situação. Não há uma previsão legal para que a greve justifique o atraso e…